As muitas aflições do justo e o livramento do Senhor

Published On: 17 de julho de 2022Categories: Estudo Bíblico

Neste mundo em que vivemos o justo enfrenta diversas dificuldades, mas sabe que o Senhor Deus o livra de todas elas. Deus protege os ossos do justo de maneira que nem um osso sequer se é quebrado.

Salmos 34:19 – Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas.

Porque as aflições do justo existem?

Pode até parecer estranho, mas todas as aflições têm um propósito.

Romanos 8:28 – Porque todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus e são chamados segundo o seu decreto.

Nada acontece em nossas vidas por acaso, tudo está sob o grandioso controle de Deus, e nada foge dos seus propósitos.

Jó 42.2 – Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido.

Tudo que acontece na vida do ser humano, está no propósito de Deus. Quando falamos em sofrimento, não estamos falando apenas de algo espiritual, mas também falamos de algo que ocorre no mundo físico, coisas que afetam a nossa vida.

Já parou para pensar que a perda de um emprego é um sofrimento, pois no tempo em que vivemos certamente esse trabalhador passará por privações e dificuldades, mas o que queremos destacar é que todo sofrimento tem um propósito.

E para que Deus possa nos abençoar muitas vezes é necessário, que o justo venha sofrer algumas perdas. Voltando ao exemplo deste trabalhador que perdeu o seu emprego, a porta que Deus vai abrir para ele possui infinitamente mais do que aquela que ele perdeu.

Muitas vezes para vivermos coisas novas é necessário deixarmos algumas coisas velhas partirem.

Jó é exemplo de um justo que experimentou o sofrimento. Jó perdeu toda a sua riqueza, os seus filhos e a sua saúde, mas Jó não abandonou Deus em momento nenhum. Jó compreendia que Deus havia dado riqueza, filhos, família e Deus havia retirado.  E por sua lealdade e fidelidade a Deus, ao final vemos que o Senhor restituiu tudo na vida de jó!

A maior dificuldade que o ser humano enfrenta em meio ao sofrimento é de permanecer em Deus.

Permanecer em Deus no momento de fartura e felicidade é fácil, mas permanecer com Deus no momento do sofrimento é apenas para aqueles que realmente amam a Deus de todo o seu coração e confiam nele inteiramente.

Na bíblia temos diversos exemplos de sofrimento do justo. Moisés foi criado no palácio, mas sofreu no deserto, pois estava participando do processo de libertação do povo de Deus.

José por amar a Deus e seus preceitos, também experimentou as aflições do justo, pois escolheu não se deitar com a mulher de Potifar e acabou injustiçado na prisão. Compreenda que para que José se tornasse governador do Egito, existiu um caminho e este caminho envolvia experimentar as aflições do justo. José foi vendido pelos seus próprios irmãos como escravo, em seguida foi lançado no cárcere, por um crime que não havia cometido, e depois de algum tempo de aflição José enfim alcançou sua benção, se tornando governador de todo Egito.

Daniel, orava três vezes ao dia e também experimentou as aflições do justo, mas o senhor o livrou da cova dos leões.

Daniel 6:10-13 – Daniel, pois, quando soube que o edito estava assinado, entrou em sua casa (ora havia no seu quarto janelas abertas do lado de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer.

Nosso pai na fé Abraão também experimentou as aflições do justo. Quando Abraão teve de ir até o monte do sacrifício, ao caminhar para o local em que Isaque seria sacrificado, Abraão experimentou este momento, momento de angústia e de aflição. 

As aflições são momentos em que vivemos, mas elas têm um final.  Devemos compreender que todo momento de aflição são para nos levar a realização de um proposito. Devemos permanecer firmes em Deus e pedir que ele venha nos livrar destes momentos de aflições.

Deus está com seus ouvidos atentos ao nosso clamor, pois o senhor diz assim: Jeremias 3:33 – Cla­me a mim e eu responderei e direi a você coisas grandiosas e insondáveis que você não conhece”.

Share this article

Written by : Ministério Veredas Do IDE

Leave A Comment

Follow us
Latest articles