Esboço de Pregação – A Tentação de Jesus no Deserto – Mateus 4:1-11

Published On: 22 de agosto de 2023Categories: Esboço Para Pregação

Texto Bíblico Utilizado: Mateus 4:1-11 (NVI) – “Então Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. Depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome. O tentador aproximou-se dele e disse: ‘Se você é o Filho de Deus, mande que estas pedras se transformem em pães’. Jesus, porém, respondeu: ‘Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’.’ Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o na parte mais alta do templo e lhe disse: ‘Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui para baixo. Pois está escrito: ‘Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, e com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra’.’ Jesus lhe respondeu: ‘Também está escrito: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’.’ Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a sua glória e disse: ‘Tudo isso lhe darei, se você se prostrar e me adorar’. Jesus lhe disse: ‘Retire-se, Satanás! Pois está escrito: ‘Adore o Senhor, o seu Deus, e só a ele preste culto’.’ Então o Diabo o deixou, e anjos vieram prestar-lhe assistência.”

Objetivo do Esboço: O objetivo deste esboço é explorar a narrativa da tentação de Jesus no deserto e extrair lições espirituais sobre como resistir às tentações e permanecer fiel a Deus em momentos de provação.

Introdução: A tentação é uma experiência com a qual todos nós nos deparamos em nossas vidas. Ela não é exclusiva de nenhum indivíduo. Até Jesus, o Filho de Deus, foi tentado. Vamos explorar a história da tentação de Jesus no deserto e aprender como podemos aplicar essas lições em nossa jornada espiritual.

Tema Central: Resistindo às Tentações com a Palavra de Deus O tema central deste esboço é mostrar como Jesus resistiu às tentações usando a Palavra de Deus como sua arma principal, e como podemos seguir seu exemplo para resistir às tentações em nossa própria vida.

Tópicos:

  1. O Propósito do Deserto
    • Subtópicos:
      • A condução do Espírito Santo.
      • A preparação para o ministério.
      • O propósito das provações.
    Versículo Adicional: Tiago 1:2-3 – “Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança.”
  2. A Primeira Tentação: A Satisfação Física
    • Subtópicos:
      • A fome de Jesus.
      • O poder da Palavra de Deus.
      • A prioridade espiritual sobre o material.
    Versículo Adicional: Deuteronômio 8:3 – “Ele te humilhou, deixando-te com fome e depois te alimentou com maná, que nem tu nem teus antepassados conheciam, para te ensinar que o ser humano não vive só de pão, mas de toda palavra que procede da boca do Senhor.”
  3. A Segunda Tentação: A Presunção Espiritual
    • Subtópicos:
      • Colocar Deus à prova.
      • Confiança na proteção divina.
      • O perigo da arrogância espiritual.
    Versículo Adicional: Deuteronômio 6:16 – “Não ponham à prova o Senhor, o seu Deus, como o fizeram em Massá.”
  4. A Terceira Tentação: A Oferta Mundana
    • Subtópicos:
      • O desejo por poder e riqueza.
      • A adoração a Deus em espírito e verdade.
      • A rejeição das tentações mundanas.
    Versículo Adicional: Marcos 8:36 – “Pois, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?”

Conclusão: A história da tentação de Jesus no deserto nos ensina que, mesmo nas situações mais difíceis, podemos resistir às tentações seguindo o exemplo de Jesus e confiando na Palavra de Deus. É a Palavra de Deus que nos fortalece e nos guia através das adversidades da vida.

Tipo de Culto ou Melhor Momento para Usar este Esboço: Este esboço é apropriado para cultos de ensino bíblico, estudos em grupos pequenos, retiros espirituais e momentos de aconselhamento pastoral. Ele é especialmente útil quando se deseja abordar o tema da tentação, resistência espiritual e o uso da Palavra de Deus como arma contra as tentações da vida.

Share this article

Written by : Ministério Veredas Do IDE

Leave A Comment

Follow us
Latest articles