Mateus 24:12 – Por se multiplicar a iniquidade o amor de muitos se esfriará

Published On: 23 de abril de 2023Categories: Estudo Bíblico

O Esfriamento do Amor por Causa da Multiplicação da Iniquidade

A frase “Por se multiplicar a iniquidade o amor de muitos se esfriará” é encontrada em Mateus 24:12, e aponta para um problema muito real que ocorre em nosso mundo atual. A iniquidade, que significa injustiça ou maldade, é algo que vemos em todos os lugares, e parece que cada vez mais pessoas estão se desviando do caminho certo. Infelizmente, isso tem um efeito cascata que pode levar ao esfriamento do amor. Neste estudo bíblico, vamos explorar mais a fundo o que isso significa e como podemos evitar que isso aconteça em nossas próprias vidas.

A Origem do Amor

Antes de falarmos sobre o esfriamento do amor, precisamos entender o que é o amor em primeiro lugar. O amor é uma das principais mensagens da Bíblia, e é a base de todo o ensinamento cristão. Em 1 João 4:8, está escrito: “Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor”. O amor não é apenas um sentimento que temos pelos outros, mas é a essência do próprio Deus. Quando amamos os outros, estamos refletindo o amor de Deus em nós.

No entanto, o amor não é apenas uma emoção ou sentimento. É também uma escolha consciente que fazemos de amar os outros, mesmo quando é difícil. Em João 15:13, Jesus diz: “Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos”. Esse tipo de amor sacrificial é o tipo de amor que Deus tem por nós e o tipo de amor que devemos ter uns pelos outros.

A Multiplicação da Iniquidade

Infelizmente, à medida que a iniquidade se multiplica em nosso mundo, muitas vezes vemos as pessoas se afastando do amor de Deus. Quando vemos injustiças, corrupção e maldade em nosso mundo, é fácil ficar desanimado e sentir que não há esperança. Em Mateus 24:12, Jesus alerta que “Por se multiplicar a iniquidade o amor de muitos se esfriará”. Isso significa que, à medida que a iniquidade aumenta, muitas pessoas podem começar a perder sua fé e amor em Deus.

O Esfriamento do Amor

Então, o que acontece quando o amor esfria? O amor é o que nos une como cristãos e nos capacita a amar os outros como Cristo nos amou. Quando o amor esfria, as pessoas se tornam egoístas e indiferentes às necessidades dos outros. Em vez de se unirem em amor e compaixão, as pessoas começam a se separar e a competir umas com as outras. Isso pode levar a conflitos e divisões na igreja e na sociedade em geral.

Em Apocalipse 2:4, Jesus adverte a igreja em Éfeso: “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor”. Isso significa que, embora eles ainda estivessem cumprindo suas obrigações religiosas, seu amor por Deus havia esfriado. Isso é um lembrete importante de que não importa o quanto estamos envolvidos em atividades religiosas, se não tivermos amor em nossos corações, tudo é em vão.

Como Evitar o Esfriamento do Amor

Então, como podemos evitar que nosso amor esfrie? Aqui estão algumas sugestões:

1. Mantenha um relacionamento próximo com Deus

O amor é uma expressão da natureza de Deus, e, quanto mais próximo estivermos de Deus, mais amorosos seremos. Isso significa dedicar tempo diariamente para orar, ler a Bíblia e meditar na Palavra de Deus. Em João 15:5, Jesus diz: “Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dará muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma”. Quando permanecemos em Cristo, somos nutridos e fortalecidos em amor.

2. Pratique o amor sacrificial

O amor sacrificial é aquele que se preocupa com as necessidades dos outros e está disposto a ajudar, mesmo que isso signifique sacrificar nossos próprios interesses. Em Filipenses 2:4, está escrito: “Não olhem apenas para os próprios interesses, mas também para os interesses dos outros”. Quando praticamos o amor sacrificial, estamos refletindo o amor de Deus em nossas vidas.

3. Permaneça em comunhão com outros cristãos

A comunhão com outros cristãos é importante para manter nosso amor em chamas. Quando estamos cercados por outros crentes, somos encorajados e fortalecidos em nossa fé. Em Hebreus 10:24-25, está escrito: “Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas encorajemo-nos uns aos outros”.

4. Lute contra a iniquidade

Para evitar que nosso amor esfrie, devemos nos opor à iniquidade e fazer o que pudermos para combater a injustiça e a maldade. Em Efésios 6:12, está escrito: “Pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais”. Quando lutamos contra a iniquidade, estamos refletindo o amor e a justiça de Deus.

Conclusão

A multiplicação da iniquidade é uma realidade em nosso mundo, mas isso não precisa levar ao esfriamento do amor. Quando nos esforçamos para manter um relacionamento próximo com Deus, praticamos o amor sacrificial, permanecemos em comunhão com outros cristãos e lutamos contra a iniquidade, podemos manter nosso amor ardente e vibrante. Lembre-se sempre das palavras de Paulo em 1 Coríntios 13:13: “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; mas o maior destes é o amor”. Que o amor de Deus continue a nos guiar e nos sustentar em todas as nossas ações e decisões. Amém.

Share this article

Written by : Ministério Veredas Do IDE

Leave A Comment

Follow us
Latest articles