Isaías 6:1-8 – Um encontro marcado pela glória de Deus

Published On: 23 de fevereiro de 2019Categories: Estudo Bíblico

No livro de Isaías 6:1-4, descobrimos preciosas lições, com a visão de Isaías descrita em detalhes vívidos, enfatizando o encontro genuíno com Deus. No ano da morte do rei Uzias, Isaías é levado em uma visão a um local que transformaria sua vida para sempre.

Nos versículos de 1 a 4, o profeta Isaías, em sua visão, descreve com detalhes toda a glória que via naquele momento.

Isaías 6:1-4

  1. No ano em que o rei Uzias morreu, eu vi o Senhor assentado num trono alto e exaltado, e a aba de sua veste enchia o templo.
  2. Acima dele estavam serafins; cada um deles tinha seis asas: com duas cobriam o rosto, com duas cobriam os pés, e com duas voavam.
  3. E proclamavam uns aos outros: Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos, a terra inteira está cheia da sua glória.
  4. Ao som das suas vozes os batentes das portas tremeram, e o templo ficou cheio de fumaça.

Um encontro com Deus gera em nós o reconhecimento de quem realmente somos!

Isaías 6:5 — Então eu disse: — Ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de lábios impuros; e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos!

Isaías compreendeu que se encontrava diante de um Deus Santo e que ele era um pecador e não poderia estar ali. O profeta Isaías reconhece que não era digno nem merecedor de estar ali, vendo o que ele estava vendo e sentindo o que ele estava sentindo. O Espírito Santo de Deus nos constrange, nos fazendo reconhecer nossos erros e faz o concerto com Ele.

João 16:7,8 Mas eu lhes afirmo que é para o bem de vocês que eu vou. Se eu não for, o Conselheiro não virá para vocês; mas se eu for, eu o enviarei.

Existem momentos em nossas vidas em que apenas o Espírito Santo poderá nos convencer dos nossos caminhos errados, nos levando novamente ao caminho da verdade, pois muitas vezes abandonamos os conselhos de Deus, fazemos o que queremos e vivemos da forma que queremos.

Em determinados momentos de nossa vida, quem passa a comandá-la é o próprio Deus. O homem até escolhe viver por um momento “realizando” suas próprias vontades, mas em um determinado tempo teremos um encontro com Deus e esse encontro marca nossa vida, mudando a direção e a história.

O Profeta Isaías possuía lábios impuros e estava no meio de um povo impuro, mas diante da tão gloriosa visão, Isaías descreve: “Os meus olhos viram o rei, senhor dos exércitos”. A partir desse momento, podemos observar que todo encontro com Deus gera transformação, pois nunca teremos uma experiência com Deus e continuaremos da mesma forma.

Deus não se preocupa com os pecados, falhas, erros e defeitos que você trouxe até aqui. Ele está interessado no que será daqui para frente. Compreende? Ele deseja saber como você se tornará após esse encontro. Durante a visão de Isaías, Deus não se importava com quem Isaías era ou com as pessoas que o cercavam.

Deus não estava se importando se seus lábios eram impuros, pois para Deus, o importante era quem seria Isaías a partir daquele encontro. Deus sabia que após o encontro, Isaías sairia diferente. Deus quer ter um encontro com você, independentemente do que você tenha feito até chegar aqui. O Senhor está interessado em quem você será a partir daqui.

Deus está interessado em quem você se tornará após se encontrar com Ele. Ele o trouxe até aqui para que você compreenda que cada encontro provoca transformações significativas em uma vida.

Lucas 1:37 Porque para Deus nada é impossível.

Um encontro com Deus tem o poder de nos transformar!

Isaías 6:5 Então disse eu: Ai de mim! Pois, estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos.

A lição a ser aprendida aqui é que sempre que reconhecemos nossos erros e pecados, Deus nos purifica, transformando-nos em novas criaturas.

1 João 1:9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.

Quando Isaías começa a reconhecer suas falhas, é nesse momento que Deus inicia o processo de purificação.

É através desse reconhecimento sincero que permitimos que Deus remova todas as imperfeições. Ao encararmos nossas falhas com humildade e coragem, nos abrimos para receber a purificação que Deus gentilmente nos oferece. Assim, nos tornamos um vaso pronto para ser moldado e preenchido com a graça e a sabedoria divina, permitindo que sua jornada de crescimento espiritual se desdobre com plenitude e amor.

Isaías primeiro identifica o pecado e, em seguida, ocorre a purificação.

Isaías 6:6,7 Porém um dos serafins voou para mim, trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; E com a brasa tocou a minha boca, e disse: eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniquidade foi tirada, e expiado o teu pecado.

O anjo pegou uma brasa viva, retirada do altar, e tocou nos lábios de Isaías. É evidente que, a partir desse momento, todos os pecados são perdoados. Cada encontro com Deus é transformador, permitindo-nos reconhecer nossas falhas, gerar humildade e, por fim, alcançar o perdão dos nossos pecados.

Devemos compreender que cada encontro com Deus aumenta a nossa sensibilidade à Sua voz! Essa sensibilidade permite-nos reconhecer a presença divina em todos os aspectos da nossa vida, orientando-nos e dando-nos força nos momentos difíceis. Ao estarmos em sintonia com Ele, conseguimos escutar as Suas palavras de amor, paz e orientação. Essa sensibilidade faz-nos estar mais atentos à Sua direção, ajudando-nos a seguir o Seu caminho com fé e gratidão. Cada encontro com Deus representa uma oportunidade para renovar a nossa fé e estreitar ainda mais a nossa ligação com Ele, fortalecendo assim a nossa relação e a nossa jornada espiritual.

Isaías, anteriormente com lábios impuros e cercado por pessoas impuras, encontrava-se agora diante de uma visão sobrenatural. Ele testemunhava o impossível aos olhos humanos e passava por uma transformação poderosa, que o levava a confrontar seus defeitos. Ao reconhecê-los, experimentava uma transformação divina, permitindo-lhe ouvir e compreender o chamado de Deus.

E a convocação divina perguntava: “A quem enviarei, e quem irá por nós?”

Isaías 6:8 Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim.

Isaías, agora transformado, declara: “Eis-me aqui, envia-me a mim.” Cada encontro com Deus resulta em humildade em nossos corações, nos tornando mais sensíveis à Sua voz. Inicialmente, somos expostos a coisas sobrenaturais por Deus, despertando em nós o anseio por mudança, para vivermos de acordo com essa revelação.

  1. Isaías testemunha a manifestação do poder e da glória de Deus.
  2. Isaías compreende a importância de reconhecer e abandonar seus pecados.
  3. Isaías passa por purificação pela glória de Deus ao reconhecer seus pecados.
  4. Isaías se encontra mergulhado na glória de Deus, sendo profundamente tocado e desejando cumprir ardentemente a vontade divina.

Os benefícios de ter um encontro com Deus são transformadores, pois a partir dessa experiência, não permaneceremos iguais. As diversas áreas de nossas vidas passam por uma transformação.

Quando nos encontramos com Deus, somos preenchidos por amor, paz e compaixão, o que nos impulsiona a agir de forma mais generosa e bondosa com o próximo. Nossas atitudes, pensamentos e sentimentos se renovam, trazendo uma nova perspectiva para a vida e nos inspirando a buscar sempre a evolução espiritual e o crescimento pessoal. Assim, a presença de Deus em nossas vidas se torna um verdadeiro catalisador de mudanças positivas e de crescimento interior.


Deus está preparado para nos proporcionar experiências únicas. É fundamental reconhecermos nossos erros e falhas, entendendo que somos o vaso e Deus, o Oleiro. Permitir que Deus nos transforme é essencial para vivenciarmos um encontro significativo com Ele.

O que importa não é a nossa vontade, mas sim a vontade de Deus, não os nossos desejos, mas sim os de Deus.O apóstolo Paulo, um profundo conhecedor dos desígnios de Deus, declara em Gálatas 2:20: “Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e essa vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no Filho de Deus, que me amou e Se entregou por mim”.

Ao chegarmos a este ponto de reflexão, surge a pergunta: por que ainda não tivemos um encontro com Deus? A resposta é triste: por vezes, testemunhamos a glória de Deus em ação, mas não compreendemos a importância de renunciar ao nosso ego. É crucial admitirmos nossas falhas e permitirmos que Deus transforme nossas vidas.

Somente ao reconhecer nossas falhas, erros, defeitos e pecados, podemos nos aproximar da glória de Deus e vivenciar experiências sobrenaturais, assim como o profeta Isaías, que se tornou um homem cheio da glória divina, com um coração humilde que reconheceu diante de um poder supremo a necessidade de abandonar os pecados e buscar uma vida de santidade.

Que a sua vida seja abençoada por Deus e que você tenha a oportunidade de se envolver com Sua glória.

Vamos compartilhar essa mensagem de fé com aqueles que ainda não experimentaram um encontro com Deus.

Se este texto trouxe edificação para a sua vida, pedimos apenas duas coisas:

  1. Compartilhe o seu comentário para fortalecer a nossa fé.
  2. Compartilhe nas redes sociais para que mais pessoas possam ser impactadas pelo poder de Deus.

Share this article

Written by : Veredas Do Ide

Leave A Comment

Follow us
Latest articles