João 3:16-18 – Quem é Jesus Cristo?

Published On: 10 de julho de 2022Categories: Estudo Bíblico

Jesus se apresenta na bíblia como o filho de Deus, aquele que foi enviado ao mundo para que fossemos salvos através dele e tivéssemos direito a salvação. Através do pecado de Adão e Eva, estávamos afastados de Deus.  Romanos 3:23,24  –  Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. 

Para que a humanidade pudesse novamente estar próxima de Deus alguém, teria que realizar tal ato de sacrifício e este alguém foi o nosso senhor Jesus Cristo.

João 3:16-18 – “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, por não crer no nome do Filho Unigênito de Deus.

Quando Jesus muda o nome de Simão, filho de João para Pedro, antes de tal fato acontecer, novamente temos uma revelação direta do Pai entregue ao coração de Simão (Pedro) de que Jesus era, na verdade, o filho de Deus. Jesus declara para Simão que ele havia sido privilegiado, pois, nenhum ser humano poderia compreender tal revelação por conhecimentos terrenos.

Mateus 16:15-17 – Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou? E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.

Somos obras criadas por Deus, e ele nos ama tanto que entregou seu filho único, para que a partir da morte na cruz, todo aquele que crer no senhor Jesus, acreditar e seguir a sua palavra, não morrerá, mas sim alcançará a vida eterna. 

Como Jesus nasceu?

 O Profeta Isaías profetizou que uma mulher pura nasceria o filho de Deus e a profecia se cumpriu muito tempo depois. Isaías 7:14 – Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel.

Depois de muitos anos, uma certa jovem por nome Maria, recebe uma visita de um anjo e esse anjo irá informar a Maria, que ela irá gerar Messias.  

Entenda que Maria era virgem, ou seja, nunca teve contato nenhum com homem e esse bebê seria gerado sem nenhum contato. 

Lucas 1:28-38 – E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.

E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria está.

Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus.

E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.

Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai;

E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.

E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum?

E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.

E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril;

Porque para Deus nada é impossível.

Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.

 Jesus Cristo nasceu de forma muito simples e humilde no momento do seu nascimento vemos que ele é envolvido com panos e colocado em uma manjedoura, ou seja, em uma espécie de tabuleiro em que se deposita comida para vacas, cavalos, etc.  Geralmente Vista em estábulos.

Lucas 2:7 – E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.

Qual o objetivo de Jesus na terra?

Seu maior objetivo era anunciar as obras do pai, e proclamar a salvação. Deus não enviou seu filho com o propósito de condenar o mundo, mas sim com o propósito de que por intermédio de Jesus, o mundo, pudesse ser salvo.

Qual era o ministério de Jesus?

Jesus segundo a biblia sagrada

O ministério de Jesus Cristo, continha quatro pilares, que se tornaram hoje o nosso chamado para obra de Deus. Clique e descubra qual é o seu chamado! (Resumido) ou (Completo)

1° Pregar o Evangelho aos pobres, aos humildes e aos aflitos;

Mateus 28:19 — Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

2.º Curar os espirituais e fisicamente doentes e os quebrantados;

Mateus 10:8 — Curem os enfermos, ressuscitem os mortos, purifiquem os leprosos, expulsem os demônios. Vocês receberam de graça; deem também de graça.

3.º Romper os grilhões do mal e proclamar a libertação do pecado e do domínio maligno;

2Coríntios 3:17 — Ora, o Senhor é o Espírito e, onde está o Espírito do Senhor, ali há liberdade.

4.º Abrir os olhos espirituais dos perdidos para verem a luz do evangelho e serem salvos. 

 Atos 2:21 — E todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo! ’

O ministério de Jesus tinha um objetivo, de apontar o caminho que conduzia ao céu.  Jesus Cristo desejava mostrar qual era a vontade do pai para humanidade.  Eu e o Pai somos um. João 10:30 Quando nós somos íntimos do pai, matamos nossas vontades para vivermos a vontade e desejos do pai, pois sabemos que o pai sempre tem algo bom para o seu filho.

 Quando Jesus começa o seu ministério, ele evangelizou a todos levando o evangelho aos pobres, aqueles que se encontravam Aflitos e necessitados.

Observamos também Jesus Cristo curando enfermidades físicas e espirituais.  Pessoas foram libertas da opressão e do domínio maligno, de espíritos que as atormentavam, muitas se converteram ao evangelho, e passaram a experimentar a novidade de vida.

Jesus Cristo subiu ao céu, e essa gloriosa obra que ele realizou aqui na terra é de grande aprendizado para que assim, seguindo seus santíssimos passos, possamos continuarmos levando o evangelho de salvação a todos os povos.

Curando os enfermos, libertando os cativos e oprimidos, sarando os espirituais e fisicamente doentes, tudo isso através do nome do Senhor Jesus Cristo.

 A obra que Jesus Cristo começou aqui na terra, não terminou na cruz, foi entregue em nossas mãos, é nossa responsabilidade levar o evangelho a toda criatura, para todo aquele que crer e for batizado que seja salvo em Jesus Cristo.

 Por que Jesus Cristo morreu na cruz?

 Muitas pessoas se perguntam: por que Jesus Cristo morreu na cruz?

Quando nos deparamos com essa pergunta entendemos que a bíblia é repleta de apontamentos anida no antigo testamento que apontavam para “algo” que aconteceria no futuro e este “algo” futuro sempre envolvia a morte ou sangue de “algo” que era puro.

Gênesis 22:9-13 – Quando chegaram ao lugar que Deus lhe havia indicado, Abraão construiu um altar e sobre ele arrumou a lenha. Amarrou seu filho Isaque e o colocou sobre o altar, em cima da lenha.

Então estendeu a mão e pegou a faca para sacrificar seu filho.

Mas o Anjo do Senhor o chamou do céu: “Abraão! Abraão! ” “Eis-me aqui”, respondeu ele.

“Não toque no rapaz”, disse o Anjo. “Não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Deus, porque não me negou seu filho, o seu único filho. “

Abraão ergueu os olhos e viu um carneiro preso pelos chifres num arbusto. Foi lá, pegou-o e sacrificou-o como holocausto em lugar de seu filho.

  Este é um dos muitos apontamentos que estão presentes na Bíblia Sagrada.

 Estes atos sacrificiais que eram realizados, para perdão de pecados ainda no antigo testamento, apontavam para Jesus Cristo aquele que faria o sacrifício perfeito e o único e a partir deste Sacrifício nunca mais seria necessário realizar sacrifícios como antes, pois o sacrifício de Jesus Cristo na cruz foi perfeito.

Mateus 27:51 E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras;

 Quando Jesus Morreu na Cruz o véu se rasga, pois, agora estamos novamente integrados à presença de Deus, pois como se traduz acima antes estávamos afastados de Deus, mas Jesus Cristo através de seu sacrifício na cruz do Calvário nos coloca novamente diante da presença de Deus.

 Jesus Cristo vem realizar nesta terra, algo que Deus havia prometido ainda lá no Jardim do Éden no momento em que designa a sentença ao ser humano e a serpente.  Deus disse que do ventre da mulher nasceria aquele que pisaria a cabeça da serpente, e essa profecia se cumpriu a muitos anos depois, com nascimento do Senhor Jesus Cristo e sua morte na cruz.

1 Pedro 2:21-25 – Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas. O qual não cometeu pecado, nem na sua boca se achou engano. O qual, quando o injuriavam, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente; levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados. Porque éreis como ovelhas desgarradas; mas agora tendes voltado ao Pastor e Bispo das vossas almas.

 Jesus Cristo certamente voltará para buscar a sua igreja por este motivo estamos anunciando o evangelho a toda criatura e você também é um militante desta obra,  juntos ganhamos almas para o reino dos céus e naquele grande dia iremos apresentá-las ao senhor Jesus Cristo.

 A morte de Jesus Cristo na cruz do Calvário não encerrou a pregação do evangelho, pelo contrário fortaleceu o comprimento da palavra de Deus, e edificou a nossa fé nos mostrando o caminho que devemos seguir para podermos assim chegar aos céus e viver eternamente ao lado de Deus.

Share this article

Written by : Ministério Veredas Do IDE

Leave A Comment

Follow us
Latest articles